/ Notícias

Confira nossas notícias

Novo motor transforma diretamente eletricidade em rotação

30 de Setembro, 2014

alt

Movimento sem contato

 

O engenheiro Dan Ludois, da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, conseguiu tornar prático um conceito de motor elétrico perseguido há séculos.

 

Benjamin Franklin e vários outros descreveram os princípios de funcionamento e construíram protótipos de motores elétricos baseados em forças eletrostáticas nos séculos 18 e 19, mas ninguém havia conseguido torná-los práticos.

 

As vantagens de um motor eletrostático são várias, a principal das quais sendo a possibilidade de movimentar coisas sem contato. Mas esses motores também têm potencial para serem mais baratos, mais leves e desgastarem-se muito menos.

 

Motor eletrostático

 

Nos motores elétricos tradicionais, a eletricidade é convertida em movimento mecânico giratório através do magnetismo. No motor eletrostático, os campos elétricos são convertidos diretamente em movimento giratório.

 

"Uma carga se acumula na superfície dos pratos, e se você puder manipular a carga, você pode converter a eletricidade em movimento rotativo ou transferir a potência elétrica de um conjunto de pratos para outro," explica Ludois. Foi justamente isso que ele conseguiu fazer, justificando que seu feito foi possível graças às inovações que incluem um controle eletrônico preciso das altas tensões e da alta frequência do campo elétrico, além de conhecimentos recentes no campo da mecânica dos fluidos.

 

Os pratos são separados por uma distância equivalente à espessura de um fio de cabelo, e são mantidos separados durante o funcionamento do motor por um colchão de ar, semelhante ao que evita que a cabeça de leitura de um disco rígido toque a superfície dos pratos e destrua o disco.

 

Fonte: Inovação Tecnológica

Imagem: Dan Ludois