/ Notícias

Confira nossas notícias

Metal vira vidro com técnica de resfriamento ultrarrápido

09 de Setembro, 2014

alt

Vidro metálico puro

Os cientistas que trabalham com novos materiais procuram há muito tempo um modo de criar vidros a partir de metais puros, monoatômicos. Li Zhong e seus colegas da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, acabam de conseguir. "Esta é uma questão fundamental explorada pelo pessoal da área há muito tempo, mas ninguém conseguia resolver o problema. As pessoas acreditavam que isso poderia ser feito, e agora nós podemos mostrar que realmente é possível," disse o professor Scott Mao, coordenador da equipe.

Os vidros metálicos são materiais únicos na medida em que sua estrutura não é cristalina, como praticamente todos os metais, mas amorfa, com os átomos dispostos aleatoriamente. Isso lhes dá uma plasticidade toda especial, e alguns cientistas acreditam que é possível até mesmo fabricar vidros metálicos flexíveis.

Vários tipos de vidros metálicos estão sendo desenvolvidos para várias aplicações comerciais porque eles são muito fortes e podem ser processados como se fossem plástico.

Congelamento instantâneo

Para desenvolver sua nova técnica para criar vidros metálicos monoatômicos, Zhong criou um dispositivo para fazer um resfriamento extremamente rápido (10^(14)K s-^(1)).

Metais elementares, como tântalo e vanádio, são fundidos e, então, resfriados instantaneamente, transformando-se em vidro, com propriedades muito diferentes das que possuíam antes de serem fundidos, quando eram metais cristalinos. "Nossa técnica também apresenta grande controle sobre os processos reversíveis de vitrificação-cristalização, sugerindo o seu potencial em aplicações microeletromecânicas," escreveram os pesquisadores.

Fonte: Inovação Tecnológica

Imagem: Li Zhong et al. - 10.1038/nature13617