/ Notícias

Confira nossas notícias

Mercado de carros de luxo cresce em SC

13 de Abril, 2015

alt

Apesar do desempenho do setor automobilístico registrar quedas de produção e vendas no acumulado do primeiro trimestre de 2015 (no acumulado de três meses, o número alcança 663,1 mil veículos, 16,2% abaixo do mesmo período de 2014), o mercado “Premium” parece passar longe da crise, principalmente em Santa Catarina. O diretor geral do grupo Top Car (que representa as marcas Jaguar, Land Rover, MINI, BMW e Motorrad no estado), John Peart, disse que o segmento em relação ao ano passado, teve um crescimento de 5%.

 

Segundo Peart, esse foi um ano realmente atípico, pois nos meses de janeiro e fevereiro geralmente é esperada uma queda dos pedidos, pois os consumidores estão em seus períodos de férias e de viagens particulares e familiares. “Somente em março, tivemos um aumento, em relação ao mesmo mês de 2014, de 23% nas vendas”, comemora.

 

Os valores médios desses automóveis de luxo vão de R$ 120 mil a R$ 170 mil para o BMW e de R$ 200 mil a R$ 300 mil o Land Rover e o Jaguar. Santa Catarina, de acordo com a avaliação de John Peart, é um mercado atípico, pois tem uma economia muito diversificada. “Temos que observar que em várias regiões do estado temos grandes empresas, indústrias, de segmentos variados, o que possibilita a manutenção do mercado, em alta, pois não depende de um só segmento econômico”, completa.

 

Pensando assim o grupo Top Car inaugurou uma nova loja no final de março em Blumenau, conceito Jaguar Land Rover, em linha com a estratégia da empresa no País, ao comercializar as duas marcas britânicas de veículos de luxo no mesmo espaço. “Em breve faremos também a renovação das nossas lojas de Florianópolis e Balneário Camboriú. Dentro de um ano, a empresa pretende abrir também uma nova loja em Joinville.

 

Ainda sobre o mercado de veículos de luxo, John Peart disse que em Santa Catarina foram vendidas no primeiro trimestre de 2015, o número de 156 Land Rovers e 17 Jaguares. Se comparado a um mercado como São Paulo, por exemplo, foram vendidos 20 Jaguares. “Isso mostra que em termos de vendas isoladas, já que somos o único grupo que atende no estado, estamos muito bem”, analisa.

 

Esse otimismo de John Peart é também observado pela própria Jaguar Land Rover, que está presente há mais de 20 anos no Brasil, com 42 concessionários e já confirmou que vai inaugurar sua fábrica em Itatiaia/RJ em 2016.

 

Fonte: Economia SC

Foto: Divulgação