/ Notícias

Confira nossas notícias

Indústria de SC vai investir R$ 3 bilhões no triênio 2013-2015

06 de Agosto, 2013

alt

Dezoito mil empregos devem ser gerados com os investimentos de R$ 3 bilhões que as indústrias catarinenses pretendem fazer no triênio 2013-2015. Os dados estão na publicação Desempenho e Perspectivas da Indústria Catarinense 2013, realizada pela Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) com 118 empresas. Do total de empregos, 13 mil estão previstos para Santa Catarina, e outros 5 mil para outros estados. 

Se considerados os investimentos anunciados por companhias que pretendem se instalar no Estado, como a BMW; Vossko; Sinotruk, entre outras, o valor pode chegar a R$ 5 bilhões. O presidente do Sistema FIESC, Glauco José Côrte, considera que "os dados mostram a disposição do industrial catarinense de investir. Mas para que os valores apurados se confirmem, é importante que sejam tomadas medidas para melhorar o ambiente para os negócios e a competitividade da indústria".

Os setores que mais devem investir são celulose e papel; alimentos e bebidas e minerais não-metálicos (segmento cerâmico, por exemplo). Os que mais abrirão vagas são alimentos e bebidas e máquinas, aparelhos e materiais elétricos.

As indústrias pretendem investir na aquisição de máquinas e equipamentos, na modernização do parque fabril, na ampliação da capacidade produtiva e na melhoria da qualidade dos produtos.

Estima-se que 81% dos aportes ficarão no Estado. No ano passado, dos R$ 2,7 bilhões investidos, 56% foram alocados em Santa Catarina, 8% em outros Estados e 36% no exterior. Conforme o estudo, a proporção de indústrias catarinenses que investiu em 2012 foi maior que em 2011 (78% em 2011 e 84% no ano passado). O valor investido em 2012 foi 56% maior que em 2011 (R$ 1,72 bilhão em 2011 e R$ 2,69 bilhões em 2012). Considerando apenas o que foi investido em Santa Catarina, o aumento de 2011 para 2012 foi de 10% em termos nominais (R$ 1,36 bilhão e R$ 1,5 bilhão, respectivamente).

Fonte: Economia SC