/ Notícias

Confira nossas notícias

Governo investe R$ 106 milhões em tecnologia e inovação

20 de Agosto, 2013

alt

Empresas com faturamento de até R$ 3,6 milhões anuais podem participar do edital na área de tecnologia e inovação que selecionará até 75 projetos inovadores. Para estimular a inovação e o desenvolvimento tecnológico em Santa Catarina, o governador do Estado, Raimundo Colombo, e o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, assinaram no último dia 12, em Joinville, acordos institucionais e lançaram editais na área de tecnologia e inovação. Foram anunciados aproximadamente R$ 106 milhões de oito fontes de fomento, tanto estaduais como federais.

A liberação dos recursos será em forma de subvenção econômica - consiste na aplicação de recursos públicos não reembolsáveis -, podendo variar de R$ 180 mil até R$ 600 mil para cada projeto. Para essa ação, serão envolvidos R$ 22,5 milhões, sendo R$ 7,5 milhões do Governo do Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação (Fapesc), e o restante da Financiadora de Estudos eProjetos (Finep). Foram anunciados ainda R$ 30 milhões para financiamento de projetos para micro e pequenas empresas, por meio de parceria entre Badesc, Fapesc e Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS).

Outro termo foi o de parceria e lançamento do edital do Programa Sinapse da Inovação, que selecionará 100 empresas em forma de subvenção econômica de até R$ 50 mil para cada projeto. Os recursos serão da Fapesc (R$ 5 milhões) e Sebrae (R$ 3,4 milhões).

Para o Prêmio Stemmer da Inovação foi assinado o edital que beneficiará seis empresas nas categorias Micro e Pequenas Empresas; e Médio e Grandes Empresas, no valor total de R$ 220 mil.

Em uma parceria entre Fapesc e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), foi homologado o edital referente à primeira parte da operação do Programa de Formação de Recursos Humanos em Ciência, Tecnologia e Inovação. A ação pretende disponibilizar 105 bolsas de mestrado e 100 bolsas de doutorado, em quatro anos. A Fapesc investirá R$ 9 milhões, e o Capes, R$ 18 milhões.

Destinados ao fomento a grupos de pesquisa, o governador e o reitor da Udesc, Antonio Heronaldo de Souza, assinaram também o termo de parceria técnico-financeira para o investimento de R$ 1,8 milhão, sendo 50% da Udesc e os outros 50% da Fapesc.

O ministro e uma comitiva formada pelos principais nomes dos governos federal e estadual ligados ao tema da inovação conheceram no dia 12, as sedes da Whirlpool Latin America e da Embraco. O destaque também é da Inova Empresa, que tem investimentos de R$ 32,9 bilhões. A empresa tem um programa estratégico para a presidente Dilma Rousseff.

Na Acij, Raupp apresentou a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que nasceu no âmbito do Inova Empresa por resultado de articulação do governo federal com a iniciativa privada. O intuito da empresa é promover a cooperação entre os pólos de pesquisa brasileiros e o setor produtivo nacional. O investimento do governo será de R$ 1 bilhão até 2014, montante que será destinado a projetos que tenham como base a inovação

Fonte: Economia SC

Foto: Nilson Bastian/Ascom do MCTI/Divulgação