/ Notícias

Confira nossas notícias

FIESC lança rede SENAI-SC de Tecnologia e Inovação

05 de Agosto, 2014

alt

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) lançou, nesta sexta-feira (25), a Rede SENAI de Inovação e Tecnologia, que congregará os dez institutos a serem instalados em Santa Catarina. Na mesma solenidade, realizada em Florianópolis, foi inaugurado o Instituto SENAI de Tecnologia em Automação e Tecnologia da Informação e Comunicação. Com orçamento total de R$ 14,8 milhões, o empreendimento será voltado ao desenvolvimento de pesquisa aplicada, consultorias e prestação de serviços tecnológicos ao setor industrial.

Para o presidente da FIESC, Glauco José Côrte, a rede de institutos elevará os padrões de desempenho da indústria. "Queremos ser o indutor da tecnologia e inovação, apoiando o setor a ganhar competitividade", afirmou. Côrte destacou ainda o estudo da CNI realizado em 2013 que mostra o Brasil na oitava posição no ranking de tecnologia e inovação entre 14 países. A pesquisa reuniu um grupo de países com características econômico-sociais ou posicionamento no mercado internacional semelhante ao Brasil.

O diretor de operações do SENAI Nacional, Gustavo Leal Sales Filho, enfatizou que, com a implantação de 26 institutos de inovação e 60 de tecnologia, o SENAI vai alcançar com serviços de apoio ao desenvolvimento tecnológico o mesmo nível de excelência que tem na educação profissional.

Sérgio Roberto Arruda, diretor regional do SENAI/SC, observa que os institutos modificam a forma de atuação da entidade, que já vem atuando na oferta de serviços de apoio à inovação e à tecnologia. "Eles trazem uma mudança de escopo, de visão, da forma de trabalho, do nível de atendimento e na formação de pessoas", salientou. Para isso, destacou, a rede de institutos exige um quadro também diferenciado. "Estamos montando equipes com grau mais elevado de qualificação e estimulando os colaboradores a realizar cursos de mestrado e doutorado".

Santa Catarina terá três institutos de inovação e sete de tecnologia. A implantação dos institutos integra programa da CNI que tem orçamento da ordem de R$ 2 bilhões, com parte dos recursos oriunda do BNDES. Este montante será aplicado em 60 Institutos SENAI de Tecnologia e 25 Institutos SENAI de Inovação. Destes, Santa Catarina irá receber sete de tecnologia e três de inovação, envolvendo investimentos de R$ 174 milhões.

Nesta sexta-feira foi entregue a primeira fase do instituto de Tecnologia em Automação e TIC, cuja instalação completa, incluindo um novo edifício está prevista para 2016. A unidade atuará nas plataformas tecnológicas de controle e automação, sistemas eletrônicos e de energia; gestão da produção; engenharia de redes e engenharia de software. O instituto representa a ampliação e aprofundamento de serviços que já são oferecidos desde a instalação da unidade, em 1994. Em 2013, o SENAI Florianópolis atendeu mais de 60 empresas, promovendo a inovação tecnológica e o aumento da competitividade, e em 2014 deve atingir a meta de 31 mil horas de pesquisa aplicada e consultoria para a indústria.

Os três Institutos SENAI de Inovação em Santa Catarina estarão voltados à indústria de todo o País e trabalharão no desenvolvimento de novas tecnologias, produtos e meios de produção. Além do de Sistemas de Manufatura, Joinville receberá o de Laser. O terceiro, de Sistemas Embarcados, será instalado em Florianópolis.

Com foco na prestação de serviços de consultoria, desenvolvimento de projetos e serviços laboratoriais, os sete Institutos SENAI de Tecnologia a serem instalados em Santa Catarina serão especializados nas diversas áreas de atuação da indústria catarinense. Serão eles: Tecnologia em Alimentos e Bebidas, em Chapecó; Tecnologia Ambiental, em Blumenau; Tecnologia Automação e TIC, em Florianópolis; Tecnologia Eletroeletrônica, em Jaraguá do Sul; Tecnologia em Materiais, em Criciúma; Tecnologia Têxtil, Vestuário e Design, em Blumenau, e de Tecnologia Logística, em Itajaí. Os Institutos de Tecnologia terão foco nas demandas estaduais.

Em fevereiro, a FIESC inaugurou os Institutos SENAI de Inovação em Sistemas de Manufatura, em Joinville, e de Tecnologia em Logística, em Itajaí.

O instituto de Tecnologia em Automação e TIC, que será inaugurado na ocasião, possui equipe multidisciplinar de pesquisadores e consultores e oferece soluções para a indústria nos setores de controle e automação, sistemas eletrônicos e de energia, gestão da produção e engenharia de redes e de software.

Brasil - Segundo ranking de registro de patentes, os três países mais inovadores do mundo são Suíça, Suécia e Reino Unido. Neste indicador, o Brasil, que possui a sétima economia mundial, está na 64ª posição, atrás de países como Costa Rica (39º), Barbados (47º) e Sérvia (54º). Os dados pertencem ao guia The Global Innovations 2013, publicado pela Organização Mundial de Propriedade Industrial (WIPO, na sigla em inglês).

Institutos em Santa Catarina

O Instituto SENAI de Inovação em Laser, em Joinville, oferece soluções para o desenvolvimento de produtos e processos nas plataformas de corte e solda a laser, manufatura aditiva, tratamento de superfícies e controle de sistemas e processos.

O Instituto SENAI de Inovação em Sistemas Embarcados, em Florianópolis, provem soluções inovadoras em sistemas embarcados e sistemas ciberfísicos. Com foco na gestão de tempo, custo e riscos, busca soluções para os mais diversos setores da indústria e do comércio.

Também em Joinville, o Instituto SENAI de Inovação em Sistemas de Manufatura oferece soluções tecnológicas para o desenvolvimento de produtos e processos metalmecânicos, com foco nos setores de moldes e matrizes, automotivo, petróleo e gás, aeroespacial, defesa e saúde.

O Instituto SENAI de Tecnologia em Alimentos e Bebidas, em Chapecó, atende indústrias nas áreas de processamento de alimentos, segurança alimentar e alimentos nutritivos e saudáveis.

Em Blumenau, o Instituto SENAI de Tecnologia Ambiental atende demandas da indústria nas plataformas tecnológicas de águas e efluentes, energia e emissões, resíduos e saneamento.

O Instituto SENAI de Tecnologia em Automação e Tecnologia da Informação e Comunicação, também em Florianópolis, é reconhecido por projetos de dispositivos eletrônicos e automação, além de consultorias em gestão empresarial e processo produtivo. Também oferece soluções nas áreas de controle e automação, sistemas eletrônicos e de energia, gestão da produção, engenharia de redes e engenharia de software.

Em Jaraguá do Sul, o Instituto SENAI de Tecnologia em Eletroeletrônica atende as demandas por consultoria em sistemas de geração de energia elétrica com foco em fontes sustentáveis e pesquisa em eficiência energética, sistemas de tração elétrica, acionamento de máquinas e equipamentos industriais.

O Instituto SENAI de Tecnologia em Logística, em Itajaí, oferece consultoria e pesquisa aplicada nas plataformas de logística de produção, armazenagem e distribuição, logística de suprimentos e sustentável.

Em Criciúma, o Instituto SENAI de Tecnologia em Materiais provê atendimento nas plataformas de cerâmicas tradicionais e avançadas, materiais poliméricos, metais ferrosos e não ferrosos e qualidade e produtividade na Cadeia da Construção.

Também em Blumenau, o Instituto SENAI de Tecnologia Têxtil, Vestuário e Design prioriza demandas nas áreas de tecnologia têxtil, confecção do vestuário e design e comportamento de consumo. 

Fonte: FIESC

Foto: Heraldo Carnieri