/ Notícias

Confira nossas notícias

Economia brasileira avança 0,5 por cento em setembro, afirma FGV

22 de Outubro, 2013

alt

O Indicador Antecedente Composto da Economia (IACE) brasileira, divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/IBRE) e pelo The Conference Board avançou 0,5% em setembro, atingindo a marca de 125,8 pontos (2004=100). O resultado segue-se a uma alta de 0,9% em agosto e a uma redução de 2,2% em julho.

Segundo o economista da FGV/IBRE, Paulo Picchetti, o crescimento relativo do índice reforça a probabilidade de uma fraca recuperação da atividade econômica no último trimestre de 2013. "A dimensão dessa recuperação ainda é incerta, dada a alta volatilidade dos mercados internacionais e a baixa taxa de confiança entre os gestores e empresários brasileiros", afirma.

Jing Sima, economista do Conference Board, acrescenta que "O IACE para o Brasil aumentou novamente este mês devido a melhorias nas expectativas dos consumidores; do setor de serviços; e aos componentes ligados ao setor financeiro e às exportações. No entanto, a indústria de transformação e o consumo das famílias ainda estão fracos e a economia brasileira continua desequilibrada, sinais de que o crescimento econômico ainda apresenta baixo desempenho em relação ao seu potencial".

Já o Indicador Coincidente Composto da Economia (ICCE) do Brasil, também elaborado pelo FGV/IBRE e pelo The Conference Board, que mede as condições econômicas atuais, aumentou 0,2% em setembro, atingindo a marca de 129,2 pontos (2004 = 100). O resultado segue-se a uma alta de 0,2% em agosto e a outra de 0,1% em julho.

Fonte: Economia SC

Foto: Divulgação